Beiral de laje


     O famoso beiral de laje estilo "escadinha" caiu no gosto dos brasileiros. Pelo menos aqui no sul virou febre. Muitas vezes a pessoa não sabe o que quer na casa, mas tem a certeza que o beiral tem que ser “escadinha”.

     Existem variações do estilo da ponta do beiral, o “escadinha” talvez já esteja saindo de moda.
   Ele pode ser executado de duas formas, pelo menos que eu saiba, mas com certeza pedreiros bem animados consigam elaborar formas diferentes de executá-lo.


1º - beiral de laje estilo “escadinha” com tijolo: Duas fiadas de tijolo deitado contornando o beiral de laje, afastados aproximadamente 5 cm um do outro para fora do beiral, que após rebocados tornam-se parte integrante do conjunto não sendo possível sua percepção.

Prós – muito fácil execução, leve e econômico;
Contra – frágil.

2º - beiral de laje estilo “escadinha” com concreto: É necessário moldar a fôrma de acordo com o gosto do cliente. Pode ser concretado junto a execução da laje, ou depois da cura desta, executar um concreto “in loco” para preenchimento das fôrmas.
Prós – muito resistente, mais fácil de rebocar, torna-se uma estrutura única;
Contra – mais caro, a fôrma é bastante difícil e trabalhosa para ser executada.

     Nos dois modelos é preciso contratar um “calheiro” para fazer uma pingadeira que evita o escorrimento de água pela alvenaria.
     Vale ressaltar que em ambos os casos, a medida de projeto deve especificar bem até onde vai a laje, e quanto mais avança o detalhe. Por exemplo: Se o beiral final pode ficar com no máximo 80 cm, desconta-se 5 cm de cada degrau (2) ou seja: 10 cm. Resultando portanto 70 cm de laje + 10 cm de detalhe = 80 cm de beiral. Caso contrário você poderá ter problemas com a fiscalização quando da vistoria de conclusão de obras.
    Verifique na sua cidade o que a legislação vigente fala sobre beirais, ou avanço nos recuos.
    No projeto arquitetônico um detalhe vem bem a calhar. Faz com que os executores não tenham dúvidas na hora de proceder com o beiral. Veja o meu detalhe:

2 comentários:

cidoapis disse...

Encontrei no seu Blog sobre o beiral escadinha. Pretendo usá-lo na minha obra. Só que pretendo colocar uma parede de três tijolos (14x19x29) e em cima dela colocar o beiral escadinha. Mas estou apreensivo sobre a estabilidade dessa construção. Pode me ajudar?
Atenciosamente, Aparecido.

Zéferina's disse...

Olá !!!
Sou leiga ,não sou engenheira sou apenas curiosa na construção, estou pensando em fazer na minha obra "escadinha" será q usar o gesso daria certo ???
Obrigada se puder responder :) beijos e boa sorte :)

Postar um comentário